7 Comentários

  1. Daniel Araujo
    Daniel Araujo at |

    Doutor!
    Belo Post!
    Mas acho que tem alguma coisa bizarra.
    No de 2004, SP, do segundo dia em diante esta identico à escalação de 2003,RJ. Mas, se nao me falha a vacilante memoria, em 2004 teve Libertines, Pet Shop Boys e Brian Wilson, entre outras coisas que nao estao na lista.

  2. Luciano
    Luciano at |

    Impressão, ou somos roubados na caruda hoje em dia?

  3. victor
    victor at |

    Somos roubados dos nomes bons para sofrer com uma multidão de franz ferdinand e artic monkeys.

    a curadoria dos festivais não tem culhões mais (com exceção do quase finado sónar)

  4. Vagner Duarte
    Vagner Duarte at |

    Do caray esse post! Obrigado
    O Tim era absurdamente bom.
    A diferença era que não tinha corre-corre de palco para palco de hj em dia, pois eram ingressos diferentes.

    Eu estava aqui: porra eu paguei 293842304 reais para ver 3 palcos — Bjork, Artic e Girl Talk?!?!! ERa pq vc tinha pulseira e aí, algumas vezes dava para tirar do braço de quem já tinha entrado. Manobra digna de faquir…

    Me lembro tb da minha revolta com o Daft, q tirou onda com um stage só p eles (nunca tinha ocorrido isso), cobrando caríssimo, e tocando só 1h… #revolta.

    Lembro do ar-condicionado do show da Bjork q falhou e ficou uma sauna absurda. Manchando um dos grandes méritos da estrutura do festival — sempre um gelo. Coisa que o Skol Beats NUNCA fez, nem tentou.

    Mas o mais marcante foi na época do Free Jazz ainda (2001). O Richard David James (Aphex Twin) tocaRIA após o Roni Size e DJ Dolores.
    Entre os shows, havia um setzinho ambiente. Vc saia no intervalo para comer, beber, ir ao banheiro e não tinha problemas, pois tinha a tal pulseira.
    Eis que eu ia e voltava, dando uma olhada para o palco e nada do Aphex. Passa 1h e nada de Aphex, só uma música ambiente. Minah namorada dormia no chão (acarpetado) esperando o início…
    CARAY, não é que aqueles sons estranhos eram da porra do Aphex?!?!?! O cara fez mais de 1h de set sem aparecer no palco, eu vi que era o set dele qnd vi que ele estava escondido atrás da mesa do “dj”. CARAYYYY.
    Muito bizarro.

  5. Show da Minha Vida: Daft Punk no Tim Festival 2006 - Pulso

    […] O festival, que teve sua última edição em 2008, fez história na cidade unindo sempre nomes de vanguarda a outros considerados super cool. Anteriormente, era chamado de Free Jazz Festival, que acabou mudando de nome por causa da proibição da propaganda de cigarros (leia aqui sobre a história do Tim Festival). […]

Comente